As Principais Obras de Álvares de Azevedo


Poeta, contista e ensaísta, Álvares de Azevedo,nasceu em São Paulo em 12 de setembro de 1831, e faleceu o Rio de Janeiro, RJ, em 25 de abril de 1852.
Foi Patrono da Cadeira nº 2 da Academia Brasileira de Letras, por escolha de Coelho Neto.
Listamos algumas das principais obras literárias de Álvares de Azevedo que exploram temas como amor, loucura, morte e perversão.
Conheçam abaixo algumas das principais obras deste grande autor da Literatura Gótica.


Contos:

• Noite na Taverna


Noite na Taverna, é uma obra marcante para o romantismo brasileiro em sua chamada segunda fase (ou segunda geração), a qual se destaca pelos temas quase sempre associados à morte, depressão, amores impossíveis e envoltos por um ambiente sombrio e egocêntrico.

Por isso, nesta obra elaborada por um escritor que teve uma vida breve e também considerada um tanto conturbada, você poderá conferir histórias que se interligam e resultam numa narrativa repleta de comportamentos extremos e antagônicos que ajudam a caracterizar o também chamado "ultra-romantismo".
Proporciona ao leitor uma viagem ao mundo fantástico da Literatura Gótica, unidas a melancolia e morbidez que caracterizam a época em que viveu Álvares de Azevedo. Numa taverna, um grupo de conhecidos reúne-se para espantar o tédio com o vinho nos lábios e contos macabros afluindo da mente.
Basicamente, o livro trata de contos macabros revelados pelos diversos personagens que dividem uma mesa na taverna. Enquanto bebem, ele apresentam suas narrativas e revelam os sentimentos mais apaixonados e devassos, por meio de personagens capazes de realizar atos profanos como morte, traição, antropofagia, incesto e suicídio.
Noite na Taverna


• Lira dos Vinte Anos

Lira dos Vinte Anos, é composta de três partes.
Na primeira, através de poesias como 'Sonhando' e 'O poeta'.
É na segunda parte que se dissipa o mundo visionário e platônico.
Na terceira parte, o autor segue a mesma linha poética da primeira, é basicamente uma extensão desta.
Lira dos Vinte Anos

• Macário


Esta obra retrata o encontro de um viajante com o diabo em uma estalagem de beira de estrada.
Macário


Poemas:


  1. Poemas Irônicos, Venenosos e Sarcásticos
  2. Poemas Malditos
  3. Se eu morresse amanhã!
  4. Lágrima de Sangue
  5. Último Soneto
  6. A minha desgraça
  7. Adeus, meus sonhos!
  8. Imitação
  9. Soneto

Vanessa Blogueira nas horas vagas. Adora internet, apaixonada por programas gráficos, tecnologia e web design,e fascinada pela arte obscura, pela cultura gótica e manifestações artísticas ligadas ao universo sombrio.
Links:Twitter | Google+

Gostou do artigo? Compartilhe-o na rede!

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Adoro Alvares de Azevedo!
    É um dos meus poetas favoritos! Ótimo post!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Seu blog é insano de bom!

    Gosto demais daqui!

    Quanto a seu post, Álvarez tem se tornado uma ótima influência ultimamente.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá Clau,

    Talvez por coincidencia eu moro em uma rua chamada Alvares de Azevedo, meu poeta favorito desde o ensino fundamental, Noite na Taverna meu conto favorita e Se eu Morresse amanhã, minha poesia...

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Deze, Lou Albergaria:
    Eu tb adoro Alvares de Azevedo! =D
    Que bom q vcs gostaram.
    Obrigada pelos comentários.

    Geraldo
    Nossa qta coincidência!! rsrs

    ResponderExcluir
  5. gente solfieri é igual (o mesmo que)


    • Noite na Taverna??

    ResponderExcluir

Seu comentário é SEMPRE bem vindo!
Assim que pudermos nós responderemos.
Ao deixar seu comentário, se quiser deixar a URL do seu blog, comente usando a opçãoOpenID
Muito obrigada e volte sempre!

 

Copyright © 2009-2104 - Universo Sombrio- Todos os Direitos Reservados | By MB |